Fixo: 55 11 4232-9671 - WhatsApp: 55 11 94168-5491 contato@avivamissoes.com.br
     
Missões e as Crianças

Quando falamos de missões pode nos ocorrer à pergunta “Será que as crianças podem fazer algo por missões?” E a resposta é “sim elas podem, devem e desejam fazer.” Se tivermos a visão errada, e pensarmos em missões somente de forma internacional (Missionários que saem de seus países para irem a outros) ou mesmo nacionais que deixam suas casas, a criança nada poderá fazer. Porem se tivermos uma visão ampla e entendermos que missão é: ir, orar e contribuir, então conseguirá incluir os pequeninos.

Jesus disse aos discípulos para não impedi-los de ir a ele (Mateus 19.13-15). Ou seja, não podemos deixar de ensinar as crianças e alunos de EBD sobre missões e o papel que eles podem desenvolver dentro desta área da igreja. Podemos usar a criatividade e disposição de cada faixa etária para desenvolvermos atividades e ensinamentos sobre missões.

A criança desde pequena tem que saber a importância de compartilhar sua fé com outros, na escola, no clube, na turma da rua, etc. Isto é o “ir” Ela pode orar por seus amigos e por missionários e seus filhos que estão no campo: escrever cartas, mandar fotos, trocar pais de cartas, figurinhas e outros objetos com (filhos de missionários).

Isto é amor, fruto de todo trabalho de Deus. Jó 13:34 e 35.

E por ultimo ela pode contribuir. Não importa a quantia; desde cedo é preciso ensinar que a obra de Deus é feita com ofertas dízimos dos filhos de Deus e é contribuindo financeiramente na obra que ela será prospera e abençoada pr Deus; e além de tudo, é obediência a Palavra de Deus. (Malaquias 3.10)

Para que a criança tenha está experiência de compreender missões, a família precisa ter um compromisso de missões, por isso uma palavrinha aos pais e mães: Cada família Cristã deveria adotar um casal missionário (ou missionário solteira) para mandar cartas, ofertas mensais ou anuais, se for possível, colocar a casa a disposição para uma futura visita de alguns dias e principalmente orar, orar muito por eles.

Sinto uma grande necessidade de compartilhar com os pais que: se seu filho demonstra desejo de ser missionário ou pastor (a), ajude, não menospreze. Ore com ele e por ele, para que Deus direcione está vocação.

Como lideres e pais, sonhamos um futuro brilhante para nossas crianças, isto não é pecado. Porem, os planos de Deus podem ser diferentes, mas nunca menos brilhante para nossas crianças (Isaias 55.8-9)

Uma palavra aos lideres

Como líder do ministério infantil professor ou professora de EBD, você tem um papel importante na vida da criança. E preciso primeiro saber como você está desempenhando está influencia.

E preciso refletir

 Como está minha visão em relação a missões?
 Em que tenho cooperado?
 Qual a minha contribuição?

Se nada temos feito, e nos informado sobre, será impossível ensinar, pois para ensinar e preciso viver o que se ensina. Por isso comece a adquirir informações, ou jejue, busque a Deus a respeito do que você como cristão pode fazer então comece a passar para as crianças o que você apreendeu. Aqui vai apenas uma ideia de como falar de missões na EBD.

Os professores: a cada personagem que surge na historia o professor pode ministrar a “carinha” ou escolher uma criança para fazê-lo. A historia foi aqui contada de uma forma. Use a criatividade e monte sua forma. Aproveite para fazer um momento de intercessão e recolher uma oferta missionária e envia-la a um missionário de sua igreja.

Boa aula e que Deus te faça prosperar neste ministério!

Peça de Teatro:

Os personagens: Narrador, Esposa de Naamã, Naamã, Profeta Eliseu, Menina Israelita.

Menina Israelita: uma Missionária
Narrador: Certa vez o povo de Deus foi levado cativo para Síria, um pais muito distante de Israel. Foi levado como cativo, preso, escravizado por desobedecer a Deus: Você sabe o que é ser escravo? (aguardar resposta). Escravo é aquela pessoa que trabalha muito, muito mesmo sem receber nada.
Havia então uma casa, que pertencia ao comandante Naamã, onde uma menina fora trabalhar como escrava.
Naamã era rico e poderoso, porém tinha um grandfe problema: era doente e não tinha cura – ele era leproso.
Um dia a menina israelita disse a sua senhora:
Menina Israelita: Ah, minha senhora, se o meu senhor estivesse na terra de Israel, diante do profeta, ele seria curado!
Narrador: A menina contou aquilo que ela conhecia, um Deus poderoso que cura e dá vida. A esposa de Naamã logo o chamou e contou tudo para ele:
Esposa de Naamã: -Naamã, você tem que ir para Israel, pois lá existe alguém que pode te curar.
Naamã: Me curar? Como? Quando? Por que?
Esposa de Naamã: -Sim, é um profeta chamado Eliseu. Vá, vá logo!
Narrador: O comandante foi até o rei pedir autorização para a viagem, o rei lhe cedeu carros, cavalos e homens para ir com ele. Então seguiu viagem.
Chegado em Israel, procurou o rei e disse:
Naamã: – Sou da terra da Siria, e vim aqui para ser curado. Aqui estão as cartas do meu rei.
Narrador: O rei de Israel ficou desesperado, e não sabia quem poderia curar Naamã. Porém alguém lhe disse:
– Oh, rei! Mande-o falar com o profeta Eliseu, ele poderá curá-lo pelo poder de Deus.
Então Naamã foi enviado a falar com o profeta. Chegando lá o profeta nem saiu de dentro da sua casa, e disse:
Profeta Eliseu: – Mande-o lavar-se sete vezes no rio Jordão e ele será curado.
Narrador: O comandante ficou bravo e disse:
Naamã: Como!? Eu sendo tão importante e ele nem sai para falar comigo, e ainda manda lavar-me neste rio sujo!? Não irei!
Menina Israelita: – Oh, meu senhor. Se te mandasse fazer coisas mais dificeis não faria? Pois estás aqui, faz o que te mandou ele.
Narrador: Então o comandante fez o que o profeta Eliseu ordenou que fizesse. Uma, duas, três, quatro, cinco, seis, sete vezes! Quando saiu da ultima vez sua mão limpa como um corpo de um bebê! O comandante se alegrou muito e voltou para sua terra adorando a Deus.
Podemos ver então que a menina com toda a sua pequenês fez seu papel de missionária, fora levada a uma terra estranha e contou o que Deus, Todo Poderoso, tem poder para fazer.
E você não quer ser uma missionária/missionário também?

Miss Alessandra Moreto
Secretária Geral de Missões Nacionais

IMPRIMIR