Fixo: 55 11 4232-9671 - WhatsApp: 55 11 95190-4513 contato@avivamissoes.com.br

Os discípulos de Jesus receberam uma missão para realizar. Ser discípulo é ser pescador de homens. Antes de voltar ao céu, Jesus fez questão de enfatizar a prioridade que a sua Igreja deveria ter na Terra. Os discípulos de Jesus são homens e mulheres que pela fé arrependeram-se dos seus pecados, firmaram uma aliança com Deus através de Jesus Cristo e estão investindo as vidas, dons e talentos, tempo e dinheiro para fazer outros discípulos para o Reino de Deus (*1).

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. (Mateus 28:18-20)

1- Pare por um instante e leia Mateus 28. Tente se colocar no lugar dos discípulos enquanto eles presenciavam essas coisas e ouviam essas palavras de Jesus (*2).

 

Como você acha que teria reagido?

A Grande Comissão e a Igreja

Para que a Igreja existe? Qual a sua finalidade na Terra? A resposta a essas perguntas indicam o nosso nível de compreensão da missão da Igreja de Jesus. Chamamos de Grande Comissão os mandamentos de Jesus para pregarmos o Evangelho a todas a pessoas (Mc.16:15-16) e fazermos discípulos de todas as nações (Mt. 28:18-20). É para isso que a Igreja existe.

Jesus é o dono da Igreja e Ele mesmo definiu qual seria a sua prioridade. Fazer disípulos é a atividade principal da Igreja. Precisamos fazer dessa tarefa e anossa máxima proridade. Uma comunidade de crentes que glorifica o Nome de Jesus é aquela que está empenhada em fazer discípulos.

2- Avalie sua experiência com a igreja à luz do comando de Jesus para fazer discípulos. Você diria que sua igreja se caracteriza pelo cumprimento desta ordem? 

Explique sua resposta.

Mais do que um programa

Jesus determinou a dinâmica do trabalho da Igreja: “Ir, Batizar e Ensinar”. Essas tarefas não representam um programa que deve ser feito apenas durante um tempo. Essa é a vida da Igreja, sua principal ocupação, sua máxima prioridade. Ir a todas as pessoas de todas as nações e pregar-lhes o Evangelho da salvação, batizá-las nas águas em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensiná-las a obedecer a tudo aquilo que Jesus tem mandado. Essa é a tarefa de cada cristão.

3- Você já se identificou com Jesus por meio do batismo? Em caso afirmativo, por que você acha que este foi um passo importante? Caso contrário, o que está impedindo você de ser batizado?

 

Fazer discípulos requer um alto preço a pagar

Há que se pagar um preço no discipulado, porém é grande a satisfação de ver a mudança que Deus opera em cada discípulo: o crescimento espiritual, familiar, ministerial. É lindo ver Deus operando, por isso nossa atitude diante Dele é sempre de expectativas. Não devemos nos concentrar no preço, mas no prazer de ver o reino de Deus sendo implantado neste mundo e a igreja avançando sobre a terra. Nada é alto demais que não possamos conseguir, mas esteja pronto para:

  • O Sacrifício pessoal: Você não nasceu apenas para ser abençoado, mas também para ser um abençoador. Através de você Deus vai transformar as vidas de muitas pessoas, mas você nunca mudará a vida de sua geração até que esteja disposto a morrer por essa mudança. Jesus disse: Quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a encontrará. (Mt 10:39).
  • A crítica: Infelizmente a crítica está sempre presente na vida e a temos que suportar, nenhum líder está isento dela. mas é melhor ser criticado por fazer algo correto para Deus do que ser ignorado por não fazer nada.
  • A rejeição das pessoas:Se você está disposto a aceitar o chamado na sua geração você deve estar pronto a ser rejeitado e mal interpretado por todos. Desafiamos as pessoas a mudarem sua maneira de viver. A mensagem do evengelho é transformadora e essas “mudanças” trazem por natureza conflito e resistência. A rejeição não significa que você está errado, mas indica que você está desafiando os outros a mudarem. Lembre-se das palavras de Jesus:”Bem aventurados são os perseguidos por causa da justiça” (Mateus 5:10). Nenhum líder que impactou sua nação escapou de ser desprezado e mal entendido. Jesus teve que experimentar isto em João 1.11: Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Ao compartilhar esses ensinamentos, somos frequentemente rejeitados com a Sua mensagem. Ele disse:

“Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes odiou a mim. Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia. Lembrem-se das palavras que eu lhes disse: nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também perseguirão vocês. Se obedeceram à minha palavra, também obedecerão à de vocês. (João 15:18-20)

4- Qual é o preço que um discípulo tem que pagar para ser usado por Deus?

 

Você também foi chamado para frutificar e multiplicar

Uma vez que você está sendo discipulado, é importante começar a orar e pedir a Deus que lhe mostre quem você deverá discipular. Ao ganhar alguém para Jesus, você tem que garantir que aquela pessoa seja bem discipulada. Normalmente, é você quem deve discipular aquele novo convertido.

Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, a fim de que o Pai lhes conceda o que pedirem em meu nome. Este é o meu mandamento: amem-se uns aos outros”. (João 15:16-17)

Jesus ordenou que fizéssemos discípulos (Mateus 28:18-20). Quando os nossos discípulos são bem alicerçados na Palavra de Deus eles naturalmente reproduzem outros discípulos. Este é o processo chamado a multiplicação espiritual, pois o propósito de Deus é que você seja um MULTIPLICADOR, que reproduza os frutos através do discipulado pessoal, gerando novos discípulos que, por sua vez, vão gerar outros discípulos do Senhor Jesus.

Cremos que todo cristão deve ter um discipulador e se ele entender bem o comando do SenhorJesus Cristo em Mateus 28:18-20, com certeza ele também vai investir o seu tempo para gerar novos discípulos.

Paulo recomendou a Timóteo: E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros. (2Tm 2:2)

5- Você diria que está pronto para se comprometer a estudar as Escrituras e a investir nas pessoas ao seu redor? Explique sua resposta.

 

Equipado para fazer o trabalho do ministério

Antes de dizer: “Ide e fazei discípulos”, Jesus disse: “Vinde e vos farei pescadores de homens”, ou seja Jesus empenhou-se em preparar seus discípulos para o desempenho da tarefa que eles haviam recebido. Jesus comissiona seus discípulos, mas também os equipa. Jesus dá a responsabilidade, mas também garante os recursos necessários.

E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que […] cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo. Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função. Efésios 4:11-16

Paulo nos informa que Deus deu líderes à Igreja a fim de que eles treinassem o seu povo para o desempenho do ministério. Os pastores não foram chamados para fazer o trabalho sozinho, mas para ensinar, treinar e aperfeiçoar cada discípulo para que cumpra o seu ministério.

5- Que desculpas costumam impedir você de seguir a ordem de Jesus para fazer discípulos? O que você precisa fazer para superar essas desculpas?

 

Dê o primeiro passo

Na Grande Comissão (Mt. 28:18-20), Jesus garantiu que estaria conosco todos os dias até os fins dos tempos. Ele prometeu que nos daria poder para testemunhar (At 1:8). Ele assegurou que o Espírito Santo colocaria a Palavra nos nossos lábios e nos ensinaria o que deveríamos falar. Jesus nos deu a sua Palavra, a sua Presença e seu Poder. Confie na graça de Deus e vista a camisa do discipulado, torne-se um discipulador, invista em alguém. Deus é contigo!

“Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra”. (At 1:8)

 6- Deus colocou em sua vida, neste momento, alguém que você pode começar a transformar em discípulo de Jesus Cristo? Quem?

Trabalhando juntos para criar discípulos

Independente do dom pessoal ou ministério específico de cada cristão, há algo que nos torna semelhantes em relação à missão da Igreja. Todos fomos chamados para fazer discípulos. Tanto o pastor como o presbítero, o diácono e os professores da EBD, as zeladoras do templo e o ministro de louvor, o líder de pequeno grupo e aquele que é liderado, todos são chamados para reproduzir a vida de Cristo na vida de alguém. Fazer discípulos é a missão de todos.

 7- Que pessoa Deus colocou em sua vida como seu parceiro para fazer discípulos?

 8- Passe algum tempo orando para que Deus transforme você em um discípulador comprometido e eficaz. Confesse quaisquer sentimentos de resistência e insegurança. Peça ao Senhor que o capacite para o ministério para o qual Ele está o chamando. Peça-lhe que o conduza às pessoas com quem você deve trabalhar em parceria e às pessoas certas a serem discipuladas.

 

1Texto: Pr. Valdivan Nascimento – IEAB Feira de Santana – BA.

2Perguntas: Extraídas do livro: “Multiplique” – CHAN, Francis – Editora Mundo Cristão

IMPRIMIR