Fixo: 55 11 4232-9671 - WhatsApp: 55 11 94168-5491 contato@avivamissoes.com.br

COLÔMBIA
Missª Marta Yaneth Saraiva Corderas

SOBRE A MISSIONÁRIA: A missionaria Martha está à frente do projeto na Colômbia desde setembro de 2016. Atualmente temos 2 congregações com 40 membros, total de 59 pessoas (crianças, adolescentes, jovens e adultos) matriculados na E.B.D. Nestas congregações acontecem ações evangelísticas periodicamente. Todas as sextas feira horário Colômbia: 7h30 – horário Brasil: 9h30 a IEAB Colômbia faz um programa na rádio FM – https://www.rcnmundo.com/iafmibague

SOBRE O PAIS: Tipo de Perseguição: Corrupção e crime organizado, opressão do clã e intolerância secular. Capital: Bogotá / Região: América Latina / Líder: Gustavo Francisco Petro Urrego/ Governo: República presidencialista / Religião: Cristianismo / Idioma: Espanhol. População: 51,5 milhões. Cristãos: 49 milhões. Nível De Perseguição: SEVERA.

COMO É A PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS NO PAÍS? Os cristãos na zona rural são alvos de grupos criminosos e enfrentam perseguição das próprias comunidades indígenas. Grupos guerrilheiros armados e gangues ainda controlam e lutam por grande parte do território nacional. A perseguição dessas facções se intensificou ao longo do ano, influenciada por seus interesses políticos durante as eleições presidenciais. Eles veem a igreja como uma ameaça a seu poder e estabilidade, principalmente quando os membros de gangues se tornam cristãos ou os líderes da igreja falam contra a violência e a corrupção. Isso leva os líderes da igreja a serem ameaçados, perseguidos e até assassinados, sem falar nas restrições de mobilidade impostas por meios ilegais. Líderes criminosos visam recrutar e sequestrar crianças de famílias cristãs para minar a igreja e forçá-la a se deslocar. Se recrutados, os jovens cristãos são forçados a participar de vigilância, extorsão, tráfico, abuso e assassinatos, ou enfrentam ameaças de morte das gangues. As meninas correm risco de abusos sexuais. Em muitas comunidades indígenas, há forte oposição ao evangelismo. Os membros que abandonam as crenças tradicionais para seguir a Jesus podem enfrentar violência ou prisão, ser expulsos de suas terras ancestrais, ter seus direitos básicos negados e ficar desabrigados. A intolerância social promovida por grupos de pressão ideológica contra as manifestações cristãs no espaço público está aumentando no país e promovendo um ambiente de autocensura quando os cristãos compartilham sua visão baseada na fé sobre questões relacionadas a defesa da vida, família, casamento e liberdade religiosa.

O que mudou este ano? A Colômbia subiu oito posições na Lista Mundial da Perseguição 2023, em grande parte por causa do aumento da violência, incluindo assassinatos. A pressão também aumentou, devido a gangues criminosas que visam os cristãos. Na sociedade colombiana em geral, a intolerância à religião aumentou.

Quem persegue os cristãos na Colômbia? Os tipos de perseguição aos cristãos na Colômbia são: corrupção e crime organizado, opressão do clã e intolerância secular.

Quem é mais vulnerável à perseguição na Colômbia? Cristãos que vivem em áreas controladas por grupos criminosos armados e líderes religiosos correm o risco de serem agredidos e mortos. Já os jovens seguidores de Jesus podem ser recrutados e maltratados por grupos armados. Aqueles que se tornam cristãos de origem indígena ou afro-colombiana enfrentam pressão e violência da comunidade onde vivem. Os seguidores de Jesus em áreas urbanas são assediados por causa de sua cosmovisão bíblica.

Como as mulheres são perseguidas na Colômbia? Em comunidades indígenas, mulheres cristãs podem ser prometidas em casamento a homens não cristãos em uma tentativa de suprimir sua fé. Algumas que se tornam cristãs podem ser abandonadas pelo marido, separadas dos filhos, ameaçadas ou rejeitadas pela comunidade. Elas podem ser expulsas de onde moram, e tornam-se vulneráveis ao tráfico e à exploração sexual.

Nas áreas rurais, grupos armados usam a violência sexual para propagar conflitos e terror. Eles veem as igrejas e os cristãos como uma ameaça a seu poder. As meninas cristãs correm o risco de serem doutrinadas e recrutadas à força. Os chefes criminosos visam certas meninas e tentam seduzi-las — muitas vezes, meninas de origem cristã são escolhidas para minar o trabalho das igrejas. Se a garota resistir, sua família pode receber ameaças de morte até que o líder consiga o que quer.
O aliciamento por grupos armados pode resultar em sequestro, agressão sexual, tráfico e prostituição. Meninas cristãs recrutadas por grupos criminosos são pressionadas a usar anticoncepcionais ou fazer abortos, mesmo quando isso é contra suas crenças.

Como os homens são perseguidos na Colômbia? Nas áreas rurais, os homens colombianos enfrentam extorsão para financiar grupos armados locais. Líderes de igrejas podem ser ameaçados, extorquidos, agredidos ou até mortos. Os jovens cristãos costumam ser vistos como um alvo fácil, e recrutá-los é uma maneira de atingir as igrejas e separar as famílias cristãs. Esses seguidores de Jesus são forçados a participar de atividades criminosas e violentas. Alguns deles podem ser vítimas de agressão sexual. Qualquer um que resistir ou sair enfrentará ameaças, tanto eles quanto suas famílias. Não há esforços suficientes em relação a cuidado pós-trauma e ajuda psicológica para homens que tiveram essas experiências terríveis.
Um clamor pela Colômbia – Deus pai, oramos para que sua paz e justiça reinem na Colômbia, ao invés da violência e do crime. Obrigado pela coragem de nossos irmãos que se manifestam contra a violência das gangues criminosas ao seu redor. Louvamos ao Senhor também por aqueles que permanecem fiéis, apesar da rejeição de suas próprias comunidades. Pedimos por força, coragem e alegria para cada um deles. Amém.

FONTE: https://portasabertas.org.br/lista-mundial-da-perseguicao/colombia

PEDIDOS DE ORAÇÃO
 Ore para que Deus dê força e poder para os pastores que enfrentam assédio constante de grupos criminosos.
 Por saúde, física renovação e crescimento espiritual;
 Por Salvação e Conversão;
 Por proteção para nossos irmãos e irmãs, sobretudo pelos novos convertidos,
 Para o crescimento numérico e financeiro da igreja;
 Para encontrarmos um terreno para sairmos do aluguel;
 Por trabalhadores comprometidos com a obra de Deus;